Dieta Dukan: Sim, Você Também Poderá Emagrecer!

A dieta Dukan é um método para emagrecer desenvolvido pelo francês Pierre Dukan, conhecido por ter escrito o livro: “Eu não consigo emagrecer”.

Essa dieta se caracteriza pela perca de peso de forma rápida e eficaz. A dieta se caracteriza por ser dividida em 04 fases, onde 02 fases são para emagrecer e as outras 02 fases são para que a pessoa consiga manter o peso que foi perdido.

Conhecendo a Dieta Dukan

A dieta Dukan consiste em juntar a realização de um regime alimentar com a realização de caminhadas. Além disso, a pessoa precisa consumir farelo de aveia e ingerir pelo menos 02 litros de água todos os dias (para o bom funcionamento do intestino e para eliminar as toxinas do organismo).

O grande segredo dessa dieta é que a pessoa precisa estar preparada para mudar a sua relação com a sua rotina alimentar e ser bastante disciplinada. Abaixo segue o funcionamento da dieta Dukan e quais os alimentos permitidos para serem consumidos em cada fase:

Primeira Fase – Ataque

Na primeira fase da dieta Dukan, a pessoa só pode consumir alimentos que sejam ricos em proteínas, não podendo consumir nenhum carboidrato (pão, arroz, macarrão) e nenhum tipo de doce.

Nessa fase a pessoa pode consumir carnes magras (grelhadas, assadas e cozidas), ovos cozidos, peito de peru, iogurte natural, iogurte desnatado, leite desnatado, queijo cottage e etc.

Quando a pessoa for se alimentar é indicado comer 01 colher e meia de farelo de aveia todos os dias (pois ela provoca sensação de saciedade).

O consumo de frutas é proibido nessa fase que dura um período de 3 a 7 dias e a pessoa perde em torno de 5 quilos.

Segunda Fase – Cruzeiro

Nessa fase a pessoa pode consumir legumes e verduras. No entanto, a proibição ao consumo de doces, frutas e carboidratos é mantida, para que a perca de peso não seja comprometida.

Os legumes e verduras devem ser consumidos crus ou cozidos à base de água e sal. Para temperar pode ser usando uma pequena quantidade de azeite e limão, além de ervas finas e vinagre do tipo balsâmico.

Nessa fase da Dieta Dukan a pessoa pode incluir na sua alimentação; tomate, cogumelo, aipo, acelga, berinjela, rabanete, alface e pepino. Para que a dieta logre êxito é recomendado que a pessoa intercale 1 dia comendo apenas proteína e no outro consome proteína, legumes e verduras.

A segunda fase dura 7 dias e a pessoa perde em média 2 quilos.

Terceira Fase – Manutenção

Na terceira fase da dieta Dukan a pessoa pode se alimentar de carnes, legumes, verduras e incluir porções de frutas, 2 fatias de pão integral e 1 porção de queijo.

Na fase de manutenção a pessoa pode comer 1 pequena porção de carboidrato (arroz integral, macarrão integral e feijão) 2 vezes na semana.

Nessa fase é proibido o consumo de alimentos como: derivados da farinha, banana, uva, cereja.

A fase de manutenção vai variar de acordo com a vontade da pessoa, pois ela deve durar uma média de 10 dias para cada 1 quilo que a pessoa deseje perder.

Quarta Fase – Manter a Forma

Nessa fase, onde a pessoa deseja manter o peso adquirido, ela vai tirar 01 dia para se alimentar apenas de carnes magras e leite desnatado.

Para alcançar o resultado desejado, a pessoa deve fazer diariamente 20 minutos de caminhada e consumir 03 colheres de farelo de aveia. Nessa fase é proibida a ingestão de doces e é necessário o controle da ingestão de carboidratos.

Depois de conhecer um pouco mais sobre a Dieta Dukan, cabe somente a você decidir se vai fazê-la.

Viva essa mudança!

Fazer dieta custa caro?

Sabe aquele momento em que você se vê no espelho e nota que aqueles quilinhos já não estão servindo só pra demonstrar seu “excesso de gostosura”?!

Pois é, que tal pensar seriamente em uma dieta? Afinal, não é só da estética que estamos falando, é de saúde e disposição também.

Pensando em Fazer Dieta?

Bom, mas se você já pensou e resolveu desistir antes de começar porque acha que não tem como ter aquele corpinho de modelo e honrar seus compromissos ao mesmo tempo, sinto informar, mas agora você não terá mais desculpa.

Para entrar em uma dieta o máximo em que você poderá gastar em termos de dinheiro será para consultar um bom profissional nutricionista, e até isso pode ser postergado, pois se levar em consideração alguns conceitos básicos é mais provável que saia economizando no final do mês.

A mudança de hábito começa em você!

Vamos começar com o conceito básico de que se você gastar mais calorias do que ingere então irá emagrecer, e o contrário ocorre da mesma maneira, e também que sem um bom descanso não terá resultado algum.

Partindo daí você já pode traçar objetivos mais ou menos claros, desde ganhar massa muscular ou simplesmente perder peso. Pare e pense de que forma você está gastando calorias: Correndo, nadando, subindo escadas, malhando ou nada deste tipo.

Entrar em uma dieta é uma mudança de hábito, mas é um tipo de mudança que só traz benefícios se outros hábitos forem mudados também.

Pode começar a encaixar em sua agenda um horário bem definido só pra gastar essas calorias, e fica em seu critério de que forma será isso.

A verdadeira mudança, não afeta o seu bolso

Na alimentação diária o mais importante é saber o que é necessário e o que é besteira. Eliminar aquela sobremesa de chocolate deliciosa, aquele pastelzinho à tarde ou até mesmo aquela cervejinha no happy hour, não vai só ajudar a alcançar seus objetivos como também te fazer economizar um bom dinheiro ao fim do mês.

Procure começar o dia com frutas frescas ou uma boa vitamina. Evite comer fora de um padrão, o preferível é se alimentar de 3 em 3 horas. E não, não pode transformar seu prato na base de uma montanha de tudo que tem no self-service.

Use e abuse do que a natureza oferece, não opte por refrigerantes podendo saborear um bom suco natural.

Então você está chegando ao final do dia e lembrou-se daquele pedaço de bolo de chocolate na geladeira, o que fazer? Beba um bom copo com água e vá dormir.

Na manhã seguinte embrulhe esse bolo e doe para alguém, ou no mínimo divida ele com alguém. Entenda que agora você mudou e não faz mais as mesmas coisas, você está ficando uma pessoa mais saudável e disposta pouco a pouco com essas pequenas atitudes.

Depois disso vá estudar sobre o que mais você pode fazer para melhorar seus resultados, hoje a informação é de fácil acesso e com um custo zero.

Seguindo esses conceitos básicos qualquer pessoa vai chegar ao fim do mês e conferir seu saldo bancário e notar que não é por não ter dinheiro sobrando que não se pode entrar em uma dieta pra ter aquele corpo tão desejado.

O que impede alguém de mudar de hábitos é seu comodismo, então deixe isso de lado e comece já sua mudança!

Conheça os Benefícios da Caminhada

Um dos exercícios mais práticos e fáceis de fazer é também um dos que mais apresentam benefícios à saúde. Podendo ser praticada a qualquer hora do dia e em qualquer lugar, andar não exige habilidades esportivas avançadas.

Para quem é sedentário e está hesitante em começar um exercício físico, a caminhada pode ser de grande ajuda. Dez minutos do exercício por dia pode causar uma grande mudança no organismo em questão de semanas.

Melhora a Mente

Caminhar é algo tão fantástico que até o cérebro pode ser beneficiado com a atividade. Separar um tempo para andar proporciona à sua mente uma melhora quanto à memória e à concentração.

Quando caminhamos o nosso cérebro recebe mais informações e deixa a mente mais atenta ao tudo que a cerca. Assim ficamos atentos e respondemos cada vez mais aos estímulos visuais, sonoros ou olfativos.

Melhora a Respiração

A caminhada, quando se torna frequente, proporciona uma melhora significativa no sistema respiratório. Uma vez que vai circular mais ar nos pulmões. Desta forma, as impurezas saíram com mais frequência do pulmão, evitando as doenças respiratórias.

Inflamações como bronquite e asma podem ser evitadas e até tratadas com a caminhada, tudo aconselhado e acompanhado por um médico. Dependendo da gravidade, ela pode até substituir alguns medicamentos.

Evita e Trata a Depressão

Um dos problemas psicológicos mais perigosos e que afeta grande parte da população brasileira pode ser ajudado pela caminhada. Quando caminhamos o organismo libera a endorfina, deixando nosso corpo relaxado e animado.

Como caminhar pode se tornar um vício benéfico, a endorfina será sempre liberada deixando o corpo em melhores condições. Por isso, evita que problemas como a depressão atinjam a pessoa que caminha.

Além disso, pacientes com depressão acabam se “viciando” na caminhada, já que a endorfina proporciona a eles momentos de paz e ânimo. Devido a isso é uma ótima forma de tratar o problema.

Afasta a Osteoporose

A movimentação dos ossos, proporcionado pela caminhada, estimula a absorção de substâncias importantes para o nosso esqueleto. Desta forma os ossos absorvem o cálcio, principal substancia necessária para evitar a osteoporose.

As pessoas que estão adentrando a terceira idade ou que já estão nela têm na caminhada um forte aliado. Nesta fase da vida, há perda de massa óssea e isso facilita o aparecimento da osteoporose.

Para reverter o quadro ou fortalecer os ossos, uma boa caminhada pode ser a opção mais efetiva.

Conheça os Benefícios do Agachamento Livre para o Corpo

Praticar exercícios é tão importante para o organismo quanto uma alimentação saudável. E para quem treina diariamente é imprescindível traçar uma rotina de atividades bem específicas, que malhem determinadas partes do corpo.

O agachamento, por exemplo, é um dos exercícios que mais interferem na região dos glúteos e mexe com várias outras partes do corpo efetivamente. Os movimentos de agachamento são muito bons para malhar as pernas, a barriga e a coxa, além dos glúteos.

Aumenta a Produção Hormonal no Organismo

O exercício de agachamento é super importante para a produção hormonal, uma vez que exercícios que envolvem peso. A produção de testosterona no organismo está diretamente ligada à quantidade e intensidade de exercícios como este.

Se você fizer um agachamento que coloque o peso na perna e exija mais trabalho na execução, vai proporcionar as condições perfeitas para que o seu corpo produza esse hormônio.

Ajuda no Emagrecimento

O agachamento também é muito aconselhável para quem busca perda de peso. Este tipo de exercício requer muita energia e queima calórica, já que precisa de muita intensidade para fazê-lo.

Incluí-lo na rotina de exercícios apenas trará benefícios ao trabalhar os diferentes grupos musculares. Desta forma você força o corpo a queimar gordura e a definir os músculos.

Além disso, você pode combiná-lo a exercícios aeróbicos para obter resultados mais rápidos e efetivos.

Como Executar a Atividade

O agachamento livre é muito fácil de ser executado. Ele não exige um conhecimento mais aprofundado e nem um local específico para ser feito. Para executar a atividade corretamente siga as dicas abaixo:

  • Deixe o corpo ereto, a barriga contraída e as mãos sobre a cintura.
  • Abaixe o tronco sobre a perna lentamente, sem perder o equilíbrio.
  • Flexione as duas pernas ao agachar e não force muito o sou peso sobre elas.
  • Retorne a posição inicial e repita o exercício três vezes com 15 repetições.

Precauções e Cuidados

Se você começar a sentir dores físicas ao executar este exercício, não deixe de procurar um fisioterapeuta para que te auxilie na atividade. As dores físicas indicam que algo não está sendo feito corretamente, por isso a importância do acompanhamento profissional.

Você também deve ficar atento aos problemas de falta de ar. Isto pode ser um indicador de que você está com problemas no sistema circulatório ou até passando por problemas cardiovasculares. Estes problemas são muito sérios, portanto fique em alerta.